'Adoraríamos ter vacina contra coronavírus antes do fim do ano', diz Trump

De Redação Estadão | 15 de maio de 2020 | 14:10

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, realiza entrevista coletiva nesta sexta-feira para detalhar o esforço realizado em busca de uma vacina contra o coronavírus. “Adoraríamos ter uma vacina antes do fim do ano”, comentou na Casa Branca, ao falar sobre os “tremendos avanços” recentes nessa busca.

Trump disse que tem havido um trabalho para acelerar o processo de elaboração da vacina, com por exemplo a retirada de burocracias nas fases de testes. O presidente informou que cientistas já avaliaram mais de 100 candidatas a vacinas, selecionando as 14 mais promissoras, que por sua vez também estão sendo avaliadas com mais detalhes para eventual adoção.

O presidente norte-americano comentou que foi criada uma operação para permitir parcerias entre cientistas de diferentes entidades, nessa resposta à crise de saúde, com outros países também envolvidos. Ele disse que uma das estratégias dos EUA é fabricar vacinas antes mesmo do aval das autoridades de saúde, para o caso de, se essa autorização se confirmar, elas poderem ser distribuídas rapidamente. Trump garantiu que será possível ganhar até mesmo anos nesse combate, se a estratégia adequada for utilizada.

Trump também falou sobre o processo de reabertura econômica. De acordo com ele, vários Estados já implementam medidas para relaxar restrições à circulação, mas continuará a haver um “trabalho duro” para proteger os mais vulneráveis, como os idosos, e manter medidas como o uso de máscaras e a ênfase na lavagem das mãos.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário