Alessandra Scatena se emociona ao falar de marido, morto pela covid-19

De Redação Estadão | 9 de outubro de 2020 | 11:55

Alessandra Scatena revelou que o marido falava que morreria jovem, mesmo antes do diagnóstico de covid-19. Em julho, aos 56 anos, Rogério Gherbali não conseguiu vencer a luta contra o novo coronavírus.

“Ele morreu com 56 anos, mas falava que não chegaria aos 54”, disse a apresentadora durante o programa Sensacional, na Rede TV!, nesta quinta-feira, 8.

Recentemente, em uma viagem ao litoral com a família, o marido de Scatena havia dito ao filho que é preciso aproveitar a vida ao máximo.

“Na praia, Rogério falava para Enrico (filho do casal): ‘Está vendo esses momentos que estamos juntos? É isso que temos que guardar, porque uma hora não estaremos mais juntos’. E ele vinha falando isso com frequência”, afirmou.

Em entrevista à Daniela Albuquerque, Scatena contou que o marido era praticante de esportes e sempre foi saudável. Para ela, a notícia de que ele havia morrido por causa do coronavírus foi um baque.

“Quando me ligaram dizendo que tinha sido entubado, meu mundo caiu. Foi de uma hora para outra, não esperava por isso. Era quase 21h, estava indo para o banho, quando meu celular tocou. Me pediram para ir até lá. Gelei, perdi o chão de novo. Não conseguia chegar até o hospital, errava o carinho”, lembra.

A apresentadora disse que chorava desesperadamente e que não conseguiu se despedir dele como gostaria, por causa dos protocolos de segurança contra covid-19. “Perder uma pessoa que você ama já é difícil em tempos comuns, mas perder uma pessoa nesse momento é mais triste ainda”, desabafou.

Alessandra Scatena e Rogério Gherbali estavam juntos há 23 anos.

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário