Após dez dias internado. Frank Williams deixa hospital e vai para casa

De Redação Estadão | 24 de dezembro de 2020 | 13:25

O inglês Frank Williams, fundador da equipe Williams de Fórmula 1, teve alta do hospital, onde estava internado há dez dias, e está em sua casa. A pedido da família, que pediu privacidade, não foi divulgado o motivo da internação.

“Estamos muito felizes de anunciar que Sir Frank saiu do hospital e se encontra em sua casa”, disse o comunicado da equipe. “A família Williams gostaria de agradecer a todos que demonstraram apoio durante este complicado tempo e desejar um feliz Natal e Ano Novo.”

Frank Williams, de 78 anos, fundou a Williams em 1969, utilizando chassis de outros fabricantes, mas se tornou construtora nos anos 1970. Em 1979, com investimento de empresários sauditas, a Williams se tornou uma das potências da F-1 e conquistou o em 1980 seus primeiros títulos de construtores e pilotos, com o australiano Alan Jones.

Nelson Piquet (1987), (Nigel Mansell (1992), Alain Prost (1993), (Damon Hill (1996) e Jacques Villeneuve (1997) foram campeões mundiais pela equipe inglesa, que somou títulos entre os construtores nos anos de 1986, 1987, 1992, 1993, 1994, 1996 e 1997.

Em 1986, Frank Williams sofre um acidente de carro na perigosa estrada que vai do circuito de Paul Ricard até Marselha, na França, e ficou tetraplégico.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.