Autoridades revelam mais 4 infectados pela covid-19 antes do Aberto da Austrália

De Redação Estadão | 18 de janeiro de 2021 | 14:34

As autoridades de saúde do estado de Victoria, na Austrália, revelaram nesta segunda-feira o teste positivo de mais quatro pessoas que participariam do Aberto da Austrália, todas ligadas ao tênis, entre elas um atleta com nome preservado.

Os quatro resultados positivos foram de quem já está em Melbourne para o primeiro Grand Slam do ano, entre os dias 8 e 21 de fevereiro. Muitos jogadores estão sendo forçados a quarentena antes da competição para evitar uma proliferação do vírus.

Contando com passageiros, foram nove casos de infecções diagnosticados nesta segunda. Realizando testes em todas as pessoas que estão chegando ao País, as autoridades preveem muitos outros casos.

“Todos os quatro estão associados ao tênis e estão guardados com segurança na quarentena do hotel”, disse o premiê do estado de Victoria, Daniel Andrews.

Depois de viajarem com pessoas infectadas com a covid-19, 72 jogadores que disputarão o Aberto da Austrália estão de quarentena em um hotel. O sérvio Novak Djokovic pediu que fossem transferidos para casas com quadras, mas as autoridades negaram, dizendo que ninguém terá “tratamento especial.”

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.