Bayer vai fabricar possível vacina da CureVac na Alemanha

De Redação Estadão | 1 de fevereiro de 2021 | 09:41

A Bayer anunciou nesta segunda-feira, 1, que vai ampliar sua parceria com a CureVac para fabricar a candidata à vacina contra covid-19 da empresa na Alemanha. Segundo o presidente da divisão de fármacos da Bayer, Stefan Oelrich, a companhia pretende produzir milhões de doses da vacina em suas fábricas alemãs.

“Esperamos produzir 160 milhões de doses nos primeiros 12 meses e aumentaremos a produção da vacina para significativamente mais que 160 milhões de doses no segundo ano”, disse Oelrich. O primeiro produto comercial da parceria poderá estar disponível até o fim de 2021, ressaltou a Bayer.

A Alemanha está no meio de um segundo “lockdown” motivado pela covid-19, que deverá se estender até o próximo dia 14. A maior economia europeia registrou mais de 57.100 mortes desde o início da pandemia.

CureVac e Bayer vão iniciar a fase 3 de testes com a vacina nas próximas semanas, afirmou o ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn, que participou de coletiva de imprensa sobre o assunto. “Após discussões com o governo alemão, ficou claro que as atuais capacidades de manufatura para vacinas precisam ser ampliadas, particularmente para potenciais variantes do coronavírus”, afirmou Oelrich.

A Bayer já estava atuando com a CureVac, ao auxiliar a empresa nas áreas de infraestrutura, questões regulatórias, farmacovigilância, informações médicas, gestão da cadeia de suprimentos e operações dentro da União Europeia. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.