Bolsas da Ásia fecham sem direção única com dúvidas sobre recuperação

De Redação Estadão | 26 de agosto de 2020 | 07:06

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira, 26, após dados fracos dos EUA voltarem a gerar incertezas sobre a recuperação global e em compasso de espera antes de um discurso, amanhã, do presidente do banco central americano.

Na China, o Xangai Composto recuou 1,30% hoje, a 3.329,74 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 1,88%, a 2.237,89 pontos, pressionados por ações ligadas a eletrônicos e defesa. O ChiNext, índice com foco em tecnologia semelhante ao americano Nasdaq, teve queda de 2,1%, a 2.644,14 pontos, ficando no vermelho pela primeira vez desde que novas regras de negociação entraram em vigor, na segunda-feira (24).

O índice de confiança do consumidor nos EUA elaborado pelo Conference Board caiu pelo segundo mês consecutivo em agosto, de acordo com pesquisa divulgada ontem que reacendeu dúvidas sobre a retomada da economia mundial após o choque do novo coronavírus, embora números americanos sobre vendas de novas moradias tenham surpreendido positivamente.

Investidores também demonstram cautela antes de um aguardado discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o BC americano), Jerome Powell, durante o simpósio de Jackson Hole, nesta quinta-feira (27). As visões de Powell sobre política monetária e perspectiva econômica tendem a ter impacto significativo nos mercados financeiros.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei encerrou o pregão na Bolsa de Tóquio em baixa marginal de 0,03%, a 23.290,86 pontos, mas o Hang Seng teve ligeira alta de 0,02% em Hong Kong, a 25.491,79 pontos – à medida que os papéis locais do grupo varejista chinês Alibaba saltaram 4,16% para novo valor recorde -, o sul-coreano Kospi avançou 0,11% em Seul, a 2.369,32 pontos, em seu quarto pregão seguido de valorização, e o Taiex registrou ganho de 0,59% em Taiwan, a 12.833,29 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou em território negativo, com baixa de 0,73% do índice S&P/ASX 200 em Sydney, a 6.116,40 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.