Bolsas da Ásia fecham sem direção única no retorno de mercados chineses

De Redação Estadão | 18 de fevereiro de 2021 | 07:11

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única nesta quinta-feira, 18, à medida que investidores realizaram lucros em setores que recentemente mostraram desempenho acima da média, em meio ao retorno dos negócios chineses e após mais um pregão misto em Wall Street.

O índice acionário japonês Nikkei caiu 0,19% em Tóquio hoje, a 30.236,09 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 1,58% em Hong Kong, a 30.595,27 pontos, e o sul-coreano Kospi cedeu 1,50% em Seul, a 3.086,66 pontos. Já o Taiex subiu 0,38% em Taiwan, a 16.424,51 pontos.

Na China continental, os mercados voltaram a operar após uma semana de feriados por ocasião do ano-novo lunar. O Xangai Composto avançou 0,55%, a 3.675,36 pontos, mas o menos abrangente Shenzhen Composto registrou queda de 0,41%, a 2.450,39 pontos.

Parte das ações asiáticas está sujeita à realização de lucros, após subirem consideravelmente em pregões recentes, sustentadas por expectativas de que o avanço da vacinação contra a covid-19 permitirá que a economia global se recupere em ritmo mais veloz do que se imaginava.

O comportamento misto dos mercados asiáticos também espelhou os de Nova York, que ontem ficaram sem direção única pelo segundo pregão consecutivo.

Na Oceania, a bolsa australiana encerrou a sessão praticamente estável. O S&P/ASX 200 teve alta marginal de 0,01% em Sydney, a 6.885,90 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.