Bolsas da Ásia fecham sem sinal único, com ganhos em Tóquio e Xangai em baixa

De Redação Estadão | 9 de dezembro de 2020 | 07:17

Os mercados acionários da Ásia não tiveram direção única, nesta quarta-feira, mas subiram na maioria. Na Bolsa de Tóquio, o otimismo com a chance de vacina contra a covid-19 prevaleceu, mas em Xangai houve perda de fôlego ao longo do pregão, com baixa em setores que vinham registrando ganhos recentes.

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 1,33%, a 26.817,94 pontos, no nível de fechamento mais alto desde abril de 1991. Ações dos setores automobilístico e de eletrônicos estiveram entre os destaques, com atenção também para a chance de vacina contra o novo coronavírus em breve. Nissan Motor subiu 6,8% e a fabricante de microchips Lasertec avançou 6,4%.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em baixa de 1,12%, em 3.371,96 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 1,88%, a 2.355,41 pontos. Xangai chegou a mostrar ganhos no início do dia, após a divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da China, mas perdeu força durante o pregão, com aparente realização de lucros em setores que haviam mostrado ganhos recentes. Na agenda de indicadores, o CPI chinês recuou 0,5% em novembro, na comparação anual, ante expectativa de estabilidade dos analistas. Para a Capital Economics, o dado não é motivo de preocupação, sendo em grande medida atribuído à queda nos preços da carne de porco com o aumento da demanda recente.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng registrou alta de 0,75%, para 26.502,84 pontos. Analista da IG, Jingyi Pan mencionou otimismo no mercado local após o Reino Unido já começar a administrar doses da vacina contra a covid-19. Ainda segundo ela, mais sinais de estímulo fiscal nos EUA colaboram para o sentimento positivo. Hoje, ações de tecnologia lideraram ganhos, com Xiaomi em alta de 4,4%.

Na Bolsa de Seul, o índice Kospi fechou com ganho de 2,02%, na máxima do dia, em 2.755,47 pontos. Seul ainda registrou nível de fechamento recorde hoje, impulsionada pela perspectiva de recuperação econômica na Coreia do Sul, com destaque no pregão para ações de eletrônicos. Em Taiwan, o índice Taiex terminou em alta de 0,21%, em 14.390,14 pontos.

Na Oceania, na bolsa australiana o índice S&P/ASX 200 subiu 0,61%, a 6.728,50 pontos, terminando no nível mais elevado em quase dez meses. Ações ligadas a telecomunicações e ao consumo discricionário se saíram bem em geral. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.