Bolsas de NY fecham sem direção única e Nasdaq recua, com cautela sobre covid

De Redação Estadão | 17 de julho de 2020 | 17:48

As bolsas de Nova York fecharam o pregão desta sexta-feira, 17, sem direção única e o índice acionário Nasdaq registrou a primeira perda semanal desde o final de junho, em meio às incertezas sobre a retomada da economia nos Estados Unidos diante do avanço da covid-19.

O Dow Jones recuou 1,44%, a 26.671,95 pontos, o S&P 500 avançou 0,28%, a 3.224,73 pontos, e o Nasdaq subiu 0,28%, a 10.503,19 pontos. Na comparação semanal, os dois primeiros índices registraram altas de 2,29% e 1,25%, respectivamente. O Nasdaq, porém, teve perda de 1,08% na semana, depois de ter alcançado sucessivos recordes históricos de fechamento recentemente.

“O sentimento de risco continua a flutuar à medida que os investidores avaliam desenvolvimentos otimistas, como o progresso em direção a uma vacina para covid-19, contra as crescentes taxas de infecção que ameaçam prolongar a mais profunda desaceleração da América em décadas”, comenta o analista de mercado Joe Manimbo, do Western Union.

Hoje, a divulgação do índice de sentimento do consumidor dos EUA alimentou dúvidas sobre a continuidade da recuperação econômica do país. O indicador recuou de 78,1 em junho para 73,2 na leitura preliminar de julho. “Você não pode se recuperar da recessão sem o consumidor e, no momento, a confiança do consumidor está quase de volta aos mínimos de abril”, analisa o economista-chefe do MUFG Union Bank, Chris Hupkey.

A cautela do consumidor americano vem após vários Estados, como Califórnia a Flórida, retomarem restrições ao comércio, em meio ao aumento do número de novos casos de coronavírus. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, o país registrou o recorde de 77 mil novos casos da doença em um período de 24 horas.

Presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano) de Boston, Eric Rosengren disse hoje, em uma entrevista ao Wall Street Journal, que está mais pessimista do que outros dirigentes da instituição sobre a retomada da economia.

As ações da Netflix recuaram 6,52% hoje, após o balanço corporativo da plataforma de streaming, divulgado após o fechamento do mercado ontem, ter vindo abaixo da expectativa dos analistas. Já os papéis da gestora de fundos BlackRock subiram 3,66%, após os resultados corporativos terem surpreendido o mercado.

“Estamos caminhando para o coração da temporada de balanços, com uma variedade de empresas de tecnologia, industriais e de saúde prontas para divulgarem seus relatórios na próxima semana”, comentam analistas da corretora americana LPL Financial.

Iander Porcella
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário