Bolsonaro diz que vai apresentar nova MP da regularização fundiária em 2021

De Redação Estadão | 19 de novembro de 2020 | 20:29

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quinta-feira, 19, que vai buscar a regularização fundiária no País novamente por meio de Medida Provisória em 2021. De acordo com o líder do Planalto, essa seria uma maneira de combater o desmatamento ilegal.

O Planalto chegou a apresentar MP sobre o tema neste ano, mas ela não foi apreciada pelo Congresso e caducou.

“Com a regularização, qualquer desmatamento você iria saber a qual CPF pertence a terra”, afirmou Bolsonaro durante live nas suas redes sociais. Ele estava ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e do delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva. “Se não houver regularização fundiária, estaremos sempre atrasados e sem conseguir responsabilizar os criminosos”, completou Mendonça.

A estratégia de fazer a regularização fundiária por MP, segundo o presidente, seria a dificuldade de aprovar a pauta no Congresso Nacional por meio de projeto de lei. “É muito difícil aprovar nesse sentido. Tem muito interesse lá que fala mais alto, fui parlamentar por 28 anos, sei como é”, completou Bolsonaro. “A quem está importando, também não interessa a regularização fundiária”

Acidentes de trabalho

O líder do Planalto ainda fez um comentário sobre acidentes de trabalho. “Acontecem quando há acomodação, quando você deixa de tomar todos os cuidados. Aí vai lá e perde um dedo”, declarou Bolsonaro, movimentando um dedo mínimo da mão esquerda, em referência indireta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Eduardo Gayer, Nicholas Shores e Daniel Galvão
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário