Bolsonaro fará pronunciamento na véspera de Natal

De Redação Estadão | 23 de dezembro de 2020 | 16:58

A véspera de Natal contará com uma mensagem oficial de otimismo do presidente Jair Bolsonaro. Nesta quinta-feira, 24, o chefe do Executivo fará um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, às 20h30, no qual deve falar sobre o desempenho do País diante da pandemia do novo coronavírus. Antes, ele também fará a sua tradicional transmissão ao vivo semanal pelas redes sociais.

No discurso oficial à Nação, Bolsonaro deve agradecer ao trabalho dos profissionais de saúde no combate ao novo coronavírus e destacar as medidas tomadas pelo governo durante a crise sanitária, apesar dos problemas enfrentados. A situação da economia será um dos pontos abordados.

Neste ano, Bolsonaro fez seis pronunciamentos em rede nacional, cinco deles sobre a pandemia. Em março, no início da crise sanitária no País, houve quatro pronunciamentos nos quais o presidente defendeu o combate à pandemia “sem pânico”, “sem histeria” e se referiu à doença como uma “gripezinha”. O chefe do Executivo fez ainda propaganda da hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia comprovada contra o novo coronavírus.

O presidente também fez apelos pelo retorno à normalidade com a justificativa de ser necessário tratar o vírus e o desemprego, simultaneamente. “O vírus chegou, está sendo enfrentado por nós e brevemente passará. Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar à normalidade”, afirmou Bolsonaro em pronunciamento no dia 24 de março.

Em declarações recentes, o presidente tem dito que o País se encaminha para o fim da pandemia. Apesar disso, o Brasil acumula mais de 188 mil mortes pela covid-19 e vivencia uma nova alta de casos da doença.

Bolsonaro passará o Natal com a família em Brasília. Ele chegará nesta tarde de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, onde estava desde sábado.

Jussara Soares e Emilly Behnke
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.