Bolsonaro indica nomes para diretoria da Anvisa, que não tem quórum para deliberar

De Redação Estadão | 7 de outubro de 2020 | 09:59

O presidente Jair Bolsonaro encaminhou nesta quarta-feira (7) ao Senado Federal a indicação de dois nomes para a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em mensagens publicadas no Diário Oficial da União desta quarta-feira, o presidente indicou o nome de Meiruze Sousa Freitas para exercer o cargo de diretora do órgão regulador na vaga decorrente do término do mandato de Renato Alencar Porto. Também está sendo indicada Cristiane Rose Jourdan Gomes para exercer o cargo pelo prazo remanescente do mandato de Antônio Barra Torres, que estava acumulando o posto com a presidência da agência.

A Anvisa tem uma diretoria colegiada composta por cinco membros e vinha atuando com três diretores com mandato interino de 180 dias, que terminou no último domingo, 4, o que deixou o órgão sem quórum para decisões colegiadas neste momento de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Apesar das indicações de hoje, os nomes ainda têm que ser aprovados pelo Senado para serem de fato nomeados e integrarem a diretoria.

Meiruze Sousa Freitas já vinha exercendo o cargo interinamente desde abril e agora foi indicada para ser titular da diretoria. No momento, apenas dois diretores da Anvisa são titulares, o diretor-presidente Antonio Barra Torres e a diretora Alessandra Bastos.

Sandra Manfrini
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário