Buchecha explica por que não procurou outra dupla após a morte de Claudinho

De Redação Estadão | 18 de dezembro de 2019 | 14:10

Buchecha explicou em entrevista ao programa TV Fama, da Rede TV!, de terça-feira, 17, por que decidiu seguir carreira solo após a morte de sua dupla Claudinho, morto em um acidente de carro em 2002, aos 26 anos.

O cantor acredita que não seria fácil se adaptar a um novo parceiro musical, já que convivia com Claudinho desde a infância. “A gente era amigo desde os sete anos. Tivemos memórias boas. Se eu tivesse outro parceiro, veria a imagem do meu antigo. Isso é ruim demais”, afirmou. “Claudinho era um irmão insubstituível.”

Eles se tornaram conhecidos nos anos 1990 em todo o Brasil com as músicas Quero te Encontrar e Conquista.

Filme

A dupla vai estrear nas telas de cinema em 2020 com o longa Nosso Sonho, que contará a história dos dois.

Em setembro deste ano, Buchecha comemorou no Instagram com uma foto dele com Claudinho sorrindo. “Ei, psiu, respeitem os pretinhos de São Gonçalo, porque o respeito e amor ao próximo é o que nos formou, e será sempre assim. Está vindo o filme”, escreveu.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.