Caixa nunca teve tanto lucro e notas tão boas em governança, diz Pedro Guimarães

De Redação Estadão | 25 de agosto de 2020 | 13:49

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que o banco “nunca teve tanto lucro” ou “ganhou notas tão boas em governança”. Entre os motivos citados por Guimarães está a oferta de crédito a taxas reduzidas.

“Hoje a Caixa assume seu papel focado nos que mais precisam. Quando este governo começou, a taxa do cheque especial da Caixa era de 14% ao mês. Como é que se pode, cobrar de quem mais precisa, 14% ao mês? Hoje, está em 1,8% e nós temos mais do dobro do lucro, o triplo do lucro, de quando a gente assumiu”, disse Guimarães durante cerimônia de lançamento do programa habitacional Casa Verde e Amarela do governo federal.

“A gente nunca, em 159 anos, teve notas tão significativas e tão boas, tão próximas da Federação Brasileira de Bancos Febraban”, afirmou Guimarães em aceno ao presidente da Febraban, Isaac Sidney, presente no lançamento do programa.

Segundo Guimarães, a classificação do banco não pode ser divulgada por ser sigilosa.

Pedro Caramuru, Julia Lindner e Amanda Pupo
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário