Cantor sertanejo Henrique morre após ficar 22 dias internado em hospital

De Redação Estadão | 2 de março de 2020 | 16:29

Após 22 dias internado no Hospital de Base de São José do Rio Preto, no interior paulista, Henrique, da dupla com o sertanejo Netto, morreu nesta segunda-feira, 2.

O cantor sofreu um grave acidente de carro em Santa Fé do Sul no início de fevereiro. Ele seguia pela avenida Navarro de Andrade quando colidiu na traseira de uma caminhonete.

O veículo pegou fogo, segundo a polícia. Ele chegou ao hospital com trauma de face e múltiplas escoriações.

O velório do cantor Henrique ocorre em Fernandópolis e o enterro será na cidade natal dele em Santa Salete, no interior de São Paulo.

Diversas personalidades da música lamentaram a morte do cantor, como o sertanejo Giovani, da dupla com Gian. “Uma perda precoce da música sertaneja. Meus sentimentos aos familiares”, escreveu no Instagram.

Cesar Menotti também se manifestou na rede social: “Que isso, meu caro, logo agora que estava dando tudo certo. Que Deus conforte toda a família e amigos”.

A assessoria de imprensa de Henrique enviou uma nota para a redação do E+:

“Com imenso pesar, informamos que Henrique, de 22 anos, nos deixou neste domingo, 1. O cantor sofreu um grave acidente no último dia 8 de fevereiro. Desde então lutou bravamente por sua vida, mas teve complicações decorrentes de seu estado de saúde e não resistiu.

Henrique e seu companheiro Netto viviam o sonho de viver da música bem pertinho. E assim como a música nos ensina sobre a vida, às vezes a saudade vem. Agradecemos a todos que enviaram as melhores energias, suas orações não foram em vão. Desejamos força à família, aos amigos, ao companheiro Netto e a todos nós que tivemos a oportunidade de dividir momentos com ele.

Descanse em paz Wesley Pereira da Silva, nosso eterno Henrique”.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário