Cantora Sia quer adotar jovem que perdeu a família após pai matar a mãe nos EUA

De Redação Estadão | 29 de maio de 2019 | 11:15

Sia escreveu um tuíte para um rapper chamado Dasani, de 16 anos, na terça-feira, 28, afirmando que gostaria de adotá-lo.

Ele ficou sem família após ver o homem que considerava como pai matar a sua mãe.

"Oi, Dasani. Eu gostaria de adotá-lo. Eu estou tentando achar você, fazer a checagem da minha casa pelas autoridades responsáveis, etc. Mas eu quero que você saiba que terá um lar comigo", afirmou a cantora.

Hey dasani from "FOSTER" on @HBO! I'd like to adopt you we're just trying to find you and get my house check done etc. but I want you to know you will have a home with me.

– sia (@Sia) 28 de maio de 2019

A história do artista ficou conhecida pelo documentário Foster, do HBO, que mostra o trabalho de assistência social dos Estados Unidos por meio do Departamento de Crianças e Serviços Familiares de Los Angeles, a maior agência municipal de direitos infantis do país.

Assista aqui a um trecho do filme, em que Dasani reflete sobre seus desafios na vida.