Centro de pesquisa de Curitiba recruta pacientes voluntários para estudo clínico

De Ricardo Alcantara | 18 de fevereiro de 2020 | 09:57
(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)

Pacientes com doenças cardiovasculares, obesidade ou diabetes são convidados a participar de pesquisas para o desenvolvimento de novas medicações e tratamentos para essas condições. Essas pesquisas são realizadas em Curitiba no Cline Research Center, centro de pesquisa clínica registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e que tem parceria com outros centros de pesquisa nacionais e internacionais.

Segundo a endocrinologista e Investigadora Principal do Centro de Pesquisa Cline, Silmara Leite, o voluntário da pesquisa clínica tem o benefício de ser acompanhado de forma gratuita por um serviço médico especializado, além de receber o tratamento de referência dessas doenças.

“É importante ressaltar que o voluntário de pesquisa não é cobaia humana. A participação na pesquisa é uma oportunidade de receber medicamentos ainda não comercializados no Brasil”, ressalta.

Todos os estudos são avaliados previamente quanto à segurança dos participantes e são aprovados pela Anvisa e conselhos de ética em pesquisa.

Silmara lembra, ainda, que a pesquisa clínica é imprescindível para o avanço da medicina. “Sem esse tipo de pesquisa não haveria novos medicamentos. Além do benefício próprio para quem participa, o voluntário contribui para o tratamento de outros pacientes no futuro”, reforça.

O que é Pesquisa Clínica?

A pesquisa clínica faz o estudo e a investigação de novos medicamentos antes e após serem comercializados. Os estudos medem os parâmetros de eficácia e segurança de novos medicamentos em pacientes voluntários, e é fundamental para a chegada de novas alternativas terapêuticas no mercado.

Para garantir a segurança e bem-estar do paciente voluntário, a pesquisa clínica deve seguir um protocolo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Comitê Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). Se os ensaios clínicos não comprovarem a segurança e eficácia do medicamento, ele não será colocado à venda.

Existe risco?

Qualquer tratamento médico pode ter risco, inclusive aqueles que já estão comercializados. O paciente voluntário recebe todas as informações sobre os benefícios e possíveis efeitos colaterais do medicamento em estudo. O médico investigador se disponibiliza em tempo integral para dar o suporte necessário durante todo o protocolo.

É importante que o médico esclareça que o medicamento que está sendo desenvolvido pode ou não ter benefícios.

É preciso pagar?

Não. O paciente não paga nada para participar de uma pesquisa clínica. Os custos das consultas médicas, dos procedimentos, do novo remédio, bem como o deslocamento do paciente, estão cobertos pelo centro de pesquisa.

Direitos do Voluntário

A participação do paciente é totalmente voluntária, e ele terá o direito de desistir a qualquer momento.

Para que o estudo dos novos medicamentos seja iniciado, existem os Comitês de Ética em Pesquisa (CEP), a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que avaliam, autorizam e acompanham todos os processos de uma pesquisa em todos os locais em que ela ocorre. O paciente pode ter acesso aos comitês e comissões citadas e a todos os protocolos utilizados para assim se sentir mais seguro em relação ao estudo.

Assim que o paciente aceita participar da pesquisa, ele passa a ter todos os contatos do médico e da equipe de pesquisa, 24h por dia, 7 dias por semana.

Deveres do Voluntário

O paciente voluntário também tem os deveres que devem ser cumpridos à risca, para que o estudo obtenha resultados satisfatórios:

  • passar o histórico de saúde ao médico;
  • tomar todas as medicações prescritas corretamente;
  • informar ao médico sobre qualquer problema ou intercorrência enquanto estiver participando da pesquisa;
  • comparecer a todas as consultas agendadas.

É por meio da pesquisa clínica que novos medicamentos podem ser descobertos e, assim, garantir que eles funcionam e são seguros.

Seja voluntário

Ao entrar em contato com o centro de pesquisa, o paciente será avaliado pelos médicos e responderá a um questionário para saber se atende aos critérios dos estudos em andamento. Se for elegívelm poderá iniciar sua participação após conceder seu consentimento livre e esclarecido.

Os interessados podem entrar em contato com o Cline Research Center através do WhatsApp (41) 9 9201-2725. Mais informações também pelo site www.clinemedica.com.br. Lá o voluntário pode acessar o link “Seja um Voluntário” e responder ao questionário prévio.

O Cline Research Center fica localizado na Praça São Paulo da Cruz, 50, sala 2204, no bairro Cabral, em Curitiba.

SERVIÇO:

Cline Research Center: Centro de Pesquisa Clínica em Curitiba

Endereço: Praça São Paulo da Cruz, 50, sala 2204 – bairro: Cabral

Contato WhatsApp: (41) 9 9201-2725

Site: www.clinemedica.com.br

Colaboração Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário