Claudia Rodrigues faz 50 anos e diz que vai fazer todo mundo 'rir muito' em live

De Redação Estadão | 7 de junho de 2020 | 17:17

Há vinte anos, Claudia Rodrigues recebeu o diagnóstico de esclerose múltipla, doença degenerativa que a faria passar por diversos momentos difíceis e ainda restringindo seu trabalho de atriz. Mas isso não foi o bastante para derrubar nossa eterna Marinete, personagem da série A Diarista, que completa 50 anos neste domingo, 7, e que irá comemorar fazendo uma live, a partir das 19h, transmito no seu canal oficial do YouTube.

Em O Diário de Claudia Rodrigues, que tem direção de Marcelo Calone, a aniversariante promete muitas risadas, com histórias de sua vida e de sua carreita, e terá a participação de convidados especiais. Mãe da jovem Iza, de 18 anos, Claudia se mostra uma mulher forte e otimista, apesar das rasteiras da vida, mas se apega em sua fé, no carinho dos amigos e familiares e tira de letra essa fase de isolamento social, algo que já havia experimentado em sua vida.

Em breve entrevista por e-mail ao Estadão, a atriz comenta essa primeira live que fará, confira:

Como será a live, está ansiosa para estar em contato com seu público?
Minha live vai ter a cara da Claudinha, ou seja, imprevisível! Vai ser diferente de todas que vocês já viram, to preparando algo muito especial, mas se eu contar perde a graça, a única coisa que posso garantir, é que vou fazer vc rirem muiiiito comigo. Estou muiiito ansiosa, queria que já fosse agora

A internet vai ajudar a manter sua obra, seus fãs terão acesso a novos materiais/ projetos?

Sim, como teatro não será possível, pelo menos por enquanto a gente se vê na telinha, do celular, nos tablets e computadores.

Como tem sido sua rotina, principalmente nesses dias de pandemia?

Muito chata, como pra todo mundo. É horrível ficar trancada em casa, sem poder receber ninguém. A falta de abraço e beijo incomoda também. Na real tudo incomoda. A gente fica muito a vontade, de pijama o tempo todo. Sem fazer cabelo, sem fazer unha, depilação, tá difícil!

Continua em tratamento, correto? tem se sentindo bem, como está no momento?

Não, meu tratamento tá todo picado pois não posso receber os profissionais que me ajudam, como o fisioterapeuta, por exemplo. Estou me sentindo presa como no transplante que fiquei um ano em quarentena. Tá difícil, mas vai passar.

Tem proximidade com seus familiares, e os amigos te procuram, estão em contato?

Sim, minha filha mora comigo, falo com minha tia toda semana, quando dá, ligo e falo também com minhas primas. Descobri recentemente que tenho muitos amigos e falo com eles sempre que posso, trocamos msg na internet e no WhatsApp

Recebe auxílio de algum modo do governo?

Não, graças a Deus não preciso. Mas fico feliz que ele existe pois tem muita gente precisando, um dos motivos que estou fazendo a live para poder ajudar quem der para ajudar.

Você se vê como um exemplo de empenho, superação, pois as pessoas te veem assim, uma mulher forte que não desiste.

Isso é maravilhoso, pois me sinto assim, sou assim, forte, determinada e guerreira. Mas não pensem que foi sempre assim, pois não era. Até 2013, não fazia nada, mas aí Deus me mandou um anjo, minha empresária Adriane Bonato, e aí tudo mudou. Ela me fez mudar e ver a vida de forma diferente.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário