Com Fábio expulso, Cruzeiro tropeça como mandante e Náutico foge do rebaixamento

De Redação Estadão | 24 de janeiro de 2021 | 18:06

O Cruzeiro deixará a Série B do Campeonato Brasileiro sem ter vencido duas vezes seguidas como mandante. Depois do 2 a 1 sobre o Operário-PR, na última quarta-feira, o time do técnico Luiz Felipe Scolari empatou sem gols com o Náutico, neste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 37.ª e penúltima rodada.

O time mineiro jogou com um jogador a menos desde os 9 minutos do primeiro tempo, quando o goleiro Fábio foi expulso por ter colocado a mão fora da área. O empate deixou o Cruzeiro na 12.ª colocação com 48 pontos, enquanto que o Náutico, em 15.º, chegou aos 43 e se livrou matematicamente do risco de rebaixamento à Série C.

O Cruzeiro ficou sem Fábio logo no início do jogo. O ídolo da torcida interceptou jogada de Kieza que avançava para marcar o gol. O problema é que ele colocou a mão fora da área. O árbitro paulista Flávio Rodrigues de Souza nada marcou de início, mas alertado pelo restante da arbitragem expulsou o cruzeirense para revolta total de Felipão, que foi amarelado.

O atacante Rafael Sóbis foi sacrificado para a entrada do jovem goleiro Vitor Eudes. Na cobrança da falta, Jean Carlos bateu firme e assustou. Aos 14 minutos, o Cruzeiro respondeu. A cabeçada de Manoel passou perto.

No segundo tempo, o Cruzeiro criou duas boas chances em cinco minutos. Primeiro, Ramon cabeceou e Anderson fez boa defesa. Depois, Giovanni bateu firme e a bola passou perto do travessão. A resposta do Náutico veio aos 15. Vinícius fez boa jogada e soltou o pé. A bola bateu no travessão de Vitor Eudes. Aos 24, Jean Carlos bateu e fez Vitor Eudes trabalhar.

O Náutico não se impôs e o Cruzeiro pouco se animou. Os dois times não fizeram nada para tirar o zero do placar no Independência.

Todos os jogos da 38.ª e última rodada serão realizados na próxima sexta-feira, às 21h30. O Cruzeiro visitará o Paraná no estádio Durival Britto, em Curitiba. O Náutico, por sua vez, receberá o CSA, no estádio dos Aflitos, no Recife.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 x 0 NÁUTICO

CRUZEIRO – Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jadson e Giovanni (Welinton); Airton (Patrick), Rafael Sóbis (Vitor Eudes) e William Pottker. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

NÁUTICO – Anderson; Hereda (Kevyn), Rafael Ribeiro, Camutanga e Bryan; Djavan (Jhonnatan), Rhaldney e Jean Carlos (Ruy); Vinícius (Dadá), Kieza e Erick (Jorge Henrique). Técnico: Hélio dos Anjos.

CARTÕES AMARELOS – Felipão, Adriano, Airton, Ramon e William Pottker (Cruzeiro); Kieza e Erick (Náutico).

CARTÃO VERMELHO – Fábio (Cruzeiro).

ÁRBITRO – Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.