Com Neymar em campo, seleção poupa Danilo e Renan Lodi em parte do treino

De Redação Estadão | 11 de outubro de 2020 | 19:39

Em preparação para enfrentar o Peru, a seleção brasileira treinou neste domingo no CT do Corinthians com a presença de Neymar em campo, mas com os laterais Danilo e Renan Lodi sendo poupados em parte da atividade. Todos eles, porém, não devem ser problema para o duelo de terça-feira, em Lima, pela segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.

O trabalho no CT Joaquim Grava foi o primeiro efetivamente visando o confronto, pois no sábado, no dia seguinte ao triunfo por 5 a 0 sobre a Bolívia, apenas os reservas na goleada treinaram com bola – os titulares ficaram na academia, para a realização de trabalhos regenerativos, seguidos por uma corrida leve no campo.

Danilo e Renan Lodi ficaram fora de parte do trabalho deste domingo, depois sendo integrados ao trabalho tático. A medida, porém, tem caráter apenas preventivo, para evitar um maior desgaste dos atletas.

Já Neymar participou normalmente do aquecimento e do trabalho tático. Por causa de dores nas costas, chegou a ser dúvida para o duelo com a Bolívia. E tendo treinado neste domingo, certamente começará jogando diante do Peru.

Em função da pandemia do coronavírus, o treino deste domingo, assim como as demais atividades da seleção, foram fechadas à imprensa. Mas teve parte dele, cerca de 40 minutos, transmitido pela CBF TV. Nesse período, Tite não esboçou uma formação titular.

O técnico apenas dividiu os jogadores de linha em dois times para um trabalho em campo reduzido. Um tinha Gabriel Menino, Marquinhos, Rodrigo Caio, Casemiro, Bruno Guimarães, Rodrygo, Richarlison e Firmino. No outro, trabalhavam Felipe, Thiago Silva, Felipe, Alex Telles, Fabinho, Douglas Luiz, Éverton Cebolinha, Everton Ribeiro e Matheus Cunha. Já Neymar e Coutinho funcionavam como curingas. E os goleiros Weverton, Ederson e Santos treinaram em separado.

A seleção voltará a trabalhar nesta segunda-feira, às 10h, no CT corintiano, antes de viajar para Lima, às 17h. A tendência, porém, é que Tite repita a escalação que goleou a Bolívia no confronto com o Peru. Caso isso se confirme, o Brasil entrará em campo com: Weverton; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz e Philippe Coutinho; Everton Cebolinha, Neymar e Roberto Firmino.

Leandro Silveira
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário