Com vitórias em simples e duplas, Djokovic comanda virada da Sérvia na ATP Cup

De Redação Estadão | 2 de fevereiro de 2021 | 09:35

Número 1 do mundo, Novak Djokovic fez o que se espera dele dentro de quadra e comandou nesta terça-feira a vitória de virada da Sérvia sobre o Canadá por 2 a 1, na estreia pela ATP Cup, em Melbourne, torneio entre países que serve de preparação para o Aberto da Austrália, que terá início na próxima semana.

Fazendo o segundo jogo do confronto, Djokovic conquistou uma dura vitória contra Denis Shapovalov com um duplo 7/5, em 1 hora e 54 minutos, empatando a série. Mais cedo, Milos Raonic apostou no potente saque para derrubar o sérvio Dusan Lajovic em sets diretos com as parciais de 6/3 e 6/4. O canadense terminou a partida com 11 aces.

Nas duplas, ao lado de Filip Krajinovic, Djokovic conquistou a sua segunda vitória no dia, derrotando Shapovalov e Raonic em dois sets apertados. A parceria sérvia fechou o jogo com o placar final de 7/5 e 7/6 (7/4), após 1 hora 37 minutos de partida, garantindo assim o triunfo no primeiro confronto do Grupo A.

Os atuais campeões da ATP Cup descansam nesta quarta-feira e só voltam a entrar em ação na quinta, quando enfrentarão a Alemanha de Alexander Zverev e Jan-Lennard Struff, que fará a sua estreia um dia antes contra os canadenses.

Pelo Grupo B, o espanhol Rafael Nadal estaria em quadra nesta terça-feira para defender o seu país na estreia contra a Austrália, mas um problema na lombar fez com que o atual número 2 do mundo resolvesse não jogar, dando espaço para Pablo Carreño Busta em simples.

“Decidimos em conjunto com o time espanhol e minha equipe que eu não irei jogar hoje na estreia da ATP Cup em Melbourne, pois tive uma contratura na lombar. Espero melhorar até quinta-feira. Temos uma equipe forte, com Pablo Carreño, Roberto Bautista e Marcel Granollers”, escreveu Nadal em suas redes sociais.

Em quadra, a Espanha não precisou do número 2 do ranking da ATP. O confronto começou com Pablo Carreño Busta superando John Millman por 6/2 e 6/4. Roberto Bautista Agut fez 2 a 0 na série ao vencer de virada Alex De Minaur por 4/6, 6/4 e 6/4. Nas duplas, o 3 a 0 foi garantido com o triunfo de Carreño Busta e Marcel Granollers sobre John Peers e Luke Saville por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.

Nesta quarta-feira, os espanhóis descansam e ficam de camarote assistindo a estreia da Grécia de Stefanos Tsitsipas contra a Austrália. A decisão da vaga nas semifinais da ATP Cup será na quinta contra os gregos.

OUTROS JOGOS – Pelo Grupo C, que também tem a França, a Itália ganhou da Áustria na estreia por 2 a 1. Matteo Berrettini venceu Dominic Thiem, número 3 do mundo, por 6/2 e 6/4 e Dennis Novak empatou a série batendo Fabio Fognini por 6/3 e 6/2. Nas duplas, os italianos se deram melhor com a vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4.

No Grupo D, que conta ainda com o Japão, a Rússia bateu a Argentina também por 2 a 1. Daniil Medvedev ganhou de Diego Schwartzman por 7/5 e 6/3 e Andrey Rublev fez 6/1 e 6/2 em Guido Pella para ganhar o confronto. Nas duplas, os argentinos conquistaram seu ponto com o triunfo de Máximo González e Horácio Zeballos sobre Rublev e Aslan Karatsev por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4).

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.