Correção: Flamengo dá bobeira e só empata com o Atlético-GO, no Maracanã

De Redação Estadão | 15 de novembro de 2020 | 01:20

A versão anterior desta matéria tinha um erro no segundo parágrafo. O Internacional é o vice-líder e o São Paulo, o terceiro colocado. Segue matéria corrigida.

O técnico Rogério Ceni segue sem vencer à frente do Flamengo. O time carioca bobeou, neste sábado, ao só empatar com o Atlético-GO, por 1 a 1, em pleno Maracanã, no Rio, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Bruno Henrique fez para os mandantes e Zé Roberto deixou tudo igual.

O tropeço fez o Flamengo deixar de igualar a pontuação do líder. Agora, os cariocas aparecem na quarta colocação com os mesmos 36 pontos de Internacional (vice-líder) e São Paulo (terceiro colocado) e a dois do Atlético-MG. O Atlético-GO, por sua vez, ocupa o 14º lugar com 24 pontos, a quatro da zona de rebaixamento.

A primeira chance da partida aconteceu só aos 21 minutos e o Flamengo quase abriu o marcador. Thiago Maia recebeu de Renê e soltou um petardo. A bola acertou o travessão do Atlético. Aos 35 minutos, Bruno Henrique fez Jean trabalhar ao girar e bater firme para o gol.

O time goiano apareceu aos 41 minutos, quando Zé Roberto chutou e a bola passou rente à trave dos cariocas. Três minutos depois, o Flamengo abriu o marcador com Bruno Henrique. Ele recebeu de Thiago Maia e tocou de perna esquerda para as redes.

No segundo tempo, Gabigol fez o seu, mas o árbitro anulou, apontando impedimento. O Atlético acordou e assustou com Zé Roberto que recebeu de Chico e bateu em cima de Hugo Souza. Aos 13 minutos, Chico deu passe na medida para Zé Roberto empatar a partida em chute rasteiro.

O Flamengo tentou voltar à frente do marcador aos 25 minutos. Vitinho fez boa jogada, tirou dois e meteu uma bomba. A bola beliscou o travessão. Aos 45 minutos, Arrascaeta meteu Lincoln na cara do gol. Mesmo sem goleiro, ele bateu fraco, de canela, e a defesa conseguiu tirar em cima da risca. Aos 49 minutos, Arrascaeta deu trabalho, mas Jean fez boa defesa e garantiu o empate.

Na 22ª rodada, o Flamengo voltará a atuar no Maracanã, contra o Coritiba no sábado, às 19 horas. Mas antes, na quarta-feira, vai enfrentar o São Paulo no Morumbi pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, precisando reverter a derrota por 2 a 1 sofrida no Maracanã.

O Atlético-GO, por sua vez, entrará em campo só na segunda-feira, dia 23, às 20 horas, contra o Sport na Ilha do Retiro, no Recife, pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 1 ATLÉTICO-GO

FLAMENGO – Hugo Souza; Matheuzinho, Gustavo Henrique (Natan), Léo Pereira (Arrascaeta) e Renê; Willian Arão, Thiago Maia, Gerson e Vitinho; Bruno Henrique e Gabigol (Lincoln). Técnico: Rogério Ceni.

ATLÉTICO-GO – Jean; Dudu, João Victor, Gilvan e Nicolas; Willian Maranhão, Marlon Freitas (Oliveira) e Chico (Matheus Vargas); Janderson (Arnaldo), Zé Roberto (Júnior Brandão) e Ferrareis (Natanael). Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS – Bruno Henrique, aos 44 minutos, do primeiro tempo. Zé Roberto, aos 13 minutos, do segundo tempo.

ÁRBITRO – Rafael Traci (SC).

CARTÕES AMARELOS Gustavo Henrique, Natan (FLAMENGO); Gilvan (ATLÉTICO-GO).

RENDA e PÚBLICO – Portões fechados.

LOCAL -Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário