Costa: hoje, a decisão é que continuo secretário de Produtividade

De Redação Estadão | 17 de setembro de 2020 | 20:11

O secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, negou que esteja de saída do governo e que tenha sido escolhido para a vice-presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A informação foi divulgada pela revista Veja.

“Nunca conversei com ninguém sobre o assunto, alguém falou isso e saiu em todo lugar. Estou na Sepec e tem muita coisa a ser feita. Meu compromisso é com País”, afirmou. “Obviamente um dia a gente vai sair do governo. Hoje, a decisão é que continuo secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade”, afirmou.

Costa disse que existe um compromisso tácito de que “talvez” o Brasil ficasse com a vice-presidência do BID depois de os Estados Unidos indicarem o presidente da instituição, o que não é usual. O Brasil desejava indicar o presidente, mas foi “atropelado” pelos norte-americanos na corrida e acabou tendo que apoiar o candidato dos EUA. “Me sinto honrado por ser lembrado para posição tão importante, não sei nem se sou qualificado”, completou.

Lorenna Rodrigues e Idiana Tomazelli
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário