Cruzeiro supera Vitória em Salvador e volta a sonhar com o G-4 da Série B

De Redação Estadão | 11 de dezembro de 2020 | 23:32

O Cruzeiro voltou a sonhar com o acesso à elite do futebol nacional na noite desta sexta-feira ao ganhar do Vitória, por 1 a 0, no Barradão, em Salvador, pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Ramon, no fim do primeiro tempo.

Invicto há quatro rodadas, o Cruzeiro segue na 11ª colocação, mas chegou aos 38 pontos e viu a diferença para o G-4 ficar em seis neste momento. Por outro lado, o Vitória, que teve a estreia do técnico Mazola Júnior, não conseguiu se distanciar da zona de rebaixamento e é o 14º colocado, com 33.

O Vitória começou a partida mais atento e o técnico Luiz Felipe Scolari cobrou o time do Cruzeiro na beira do gramado. Aos 12, Vico soltou a bomba de fora da área e Fábio fez boa defesa. Depois disso, o duelo passou a ficar concentrado no meio-campo.

Com muitas dificuldades para criar, o Cruzeiro abusava dos lançamentos longos. Tudo mudou a partir dos 40 minutos, quando Ronaldo sentiu uma lesão muscular ao salvar o Vitória e deu lugar para o jovem Yuri, que era a quarta opção antes dos desfalques.

Aos 44, Machado cobrou escanteio para dentro da área e o zagueiro Ramon, que até ano passado estava no Vitória, cabeceou sem chances para Yuri. O Cruzeiro ainda escapou de sofrer o empate no primeiro tempo. O artilheiro Léo Ceará finalizou e Fábio foi buscar.

Depois de um primeiro tempo ruim, apesar da vitória parcial, o Cruzeiro voltou mais ligado do intervalo e quase ampliou duas vezes antes dos dez minutos. Arthur Caíke arriscou de fora e Yuri fez grande defesa. Na sequência, Rafael Sóbis cruzou, a bola passou por todo mundo e explodiu na trave.

A situação do Vitória ficou ainda mais complicada a partir dos 25 minutos, quando Lucas Cândido puxou Arthur Caíke, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Em vantagem no placar e também no número de jogadores, o Cruzeiro passou a administrar a posse da bola.

O jogo ficou morno depois da expulsão de Lucas Cândido e quase não houve chance criada. Giovanni cobrou falta para dentro da área e Marcelo Moreno desviou nas mãos de Yuri. Aos 46 minutos, Weliton puxou contra-ataque em velocidade, passou pelo goleiro e, quase sem ângulo, mandou para fora.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, às 21h30, pela 29ª rodada. O Vitória recebe o Juventude, no Barradão, em Salvador, e o Cruzeiro enfrenta o CSA, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 0 x 1 CRUZEIRO

VITÓRIA – Ronaldo (Yuri); Van (Jonathan Bocão), Wallace Reis, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Matheus Frizzo, Fernando Neto (Caicedo), Lucas Cândido e Thiago Lopes (Ewandro); Vico (Gerson Magrão) e Léo Ceará. Técnico: Mazola Júnior.

CRUZEIRO – Fábio; Raul Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira (Patrick Brey); Jadson, Adriano (Cacá) e Machado (Giovanni); Arthur Caíke (Welinton), Rafael Sóbis (Marcelo Moreno) e Airton. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOL – Ramon, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Douglas Schwengber da Silva (RS).

CARTÕES AMARELOS – Gerson Magrão (Vitória); Adriano (Cruzeiro).

CARTÃO VERMELHO – Lucas Cândido (Vitória).

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.