Daniela Mercury ganha destaque no jornal 'The New York Times'

De Redação Estadão | 24 de julho de 2020 | 16:33

Uma live da cantora Daniela Mercury, conhecida como Live da Rainha, feita no dia 28 de maio, tem feito barulho desde que foi eleita pelo jornalista de música do jornal The New York Times, Jon Pareles, como uma das dez melhores lives feitas na quarentena. Eis o que escreve o crítico: “Um concerto de estádio pode caber em uma sala de estar? Daniela Mercury, uma super estrela brasileira, dança, gira e samba como se estivesse em um palco muito maior! Com sua banda mascarada atrás dela, no que parece um pátio, e suas filhas aparecendo como foliãs do carnaval”.

Pareles parece ter descoberto Daniela vendo a live: “Em um conjunto de quase três horas de músicas animadas, que celebram o Carnaval e sua terra natal, a Bahia, ela é completamente incansável.” A baiana aparece em uma lista seleta de livers, como Post Malone, Norah Jones e Erykah Badu, além de Aventura, Afro-Latin Jazz Orchestra, Jason Isbell, Amanda Shires, Gunna, Jorma Kaukonen, Nduduzo Makhathini e Modes of Communication.

Redação
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário