De olho em novas mudanças no Corinthians, Mancini dá atenção à posse de bola

De Redação Estadão | 18 de dezembro de 2020 | 17:06

Ainda sem conseguir repetir a escalação do Corinthians, o técnico Vagner Mancini tenta reduzir os efeitos da falta de entrosamento da equipe. Nesta sexta-feira, ele deu atenção especial à posse de bola em mais um treino de preparação para o duelo contra o Goiás, na segunda-feira, na Neo Química Arena, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mancini reuniu o elenco numa atividade em campo reduzido para fortalecer a posse de bola e, por consequência, o entrosamento do time. No treino, os jogadores trocavam passes até inverter a bola para o outro lado do campo, onde os atacantes dominavam e precisavam marcar contra os goleiros. Na sequência, o treinador deu atenção também a cruzamentos e finalizações.

A preocupação de Mancini com posse de bola e entrosamento se justifica. Em 12 jogos comandando o Corinthians, ele ainda não conseguiu repetir a escalação. E, contra o Goiás, a situação não será diferente. Ele terá ao menos uma baixa na equipe. O volante Cantillo sofreu estiramento no músculo adutor da perna direita e será desfalque certo.

Para o seu lugar, Mancini poderá optar por Camacho, que substituiu o titular no clássico com o São Paulo após Cantillo sofrer a lesão. Ou poderá testar Éderson ou Xavier na posição no meio-campo.

No ataque, há uma possível mudança. Jô voltará a ficar à disposição após cumprir suspensão no clássico. Pode, assim, retomar seu posto de titular, desbancando Léo Natel para o banco de reservas.

Mancini deve indicar a escalação do ataque neste sábado, pela manhã, na penúltima atividade antes da partida contra o Goiás. O Corinthians poderá ser escalado na segunda-feira com Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel e Xavier (Camacho); Ramiro, Cazares e Otero; Léo Natel (Jô).

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.