Delegado da Polícia Civil mata esposa e enteada em Curitiba

De Scheila Pessoa | 5 de março de 2020 | 09:13
(Foto: Reprodução Rede Massa)

Um delegado da Polícia Civil do Paraná (PCPR) matou a mulher, que também era policial civil, e a enteada na madrugada desta quinta-feira (5), em Curitiba. O crime aconteceu na residência do casal, em um condomínio no bairro Atuba.

A escrivã da Polícia Civil, Maritza Guimarães de Souza, de 41 anos, e a filha, Ana Carolina de Souza, de 16, foram mortas a tiros. Mãe e filha estavam abraçadas em um canto da casa. Após o crime o delegado deixou a filha do casal, de oito anos, na casa de uma vizinha.

Vizinhos contaram aos policiais que ouviram, pelo menos 15 tiros, e também houve muita gritaria. Socorristas do Siate foram acionados, mas quando chegaram as duas mulheres já estavam mortas.

O delegado Erik Busetti, de 45 anos, foi preso em flagrante e levado ao Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). A polícia ainda não informou a motivação do crime.

Nota PCPR

Em nota a Polícia Civil informou que, ainda na manhã desta quinta-feira (5), será realizada uma coletiva de imprensa sobre o duplo homicídio.

Colaboração Iverson Vaz e PCPR

Deixe um comentário