Designer de sapatos, Sergio Rossi morre em decorrência do coronavírus

De Redação Estadão | 3 de abril de 2020 | 16:12

Vítima da covid-19, doença que já causou mais de 13 mil mortes na Itália, o designer italiano Sergio Rossi, de 84 anos, morreu na noite desta quinta-feira, dia 2 de abril, na cidade de Cesena. Rossi estava hospitalizado após contrair a doença.

O designer construiu um império desenhando sapatos femininos de luxo e já estava aposentado. Atualmente, sua marca faz parte do grupo Kering, empresa que tem em seu portfólio grifes como Gucci, Bottega Venetta e Balenciaga. Entre as famosas que calçavam suas criações estão Kim Kardashian, Rihanna e Victoria Beckham.

Em comunicado, o CEO da empresa, Riccardo Sciutto, relembrou a vida e o talento do designer. “Ele amava mulheres e era capaz de capturar a feminilidade de uma forma única, criando a perfeita extensão da perna feminina com seus sapatos. Nossa longa e gloriosa história começou com sua visão incrível e nos lembraremos de sua criatividade para sempre”, escreveu.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário