Dia das Mães na vida e na tela da TV

De Redação Estadão | 10 de maio de 2020 | 07:31

Pode ser que as TVs, na confusão da pandemia, tenham se esquecido do Dia das Mães, neste domingo, 10. A Globo lembrou e, antes do especial de Roberto Carlos, no meio da tarde – 15h -, apresenta às 13h28 Fala Sério, Mãe! Pedro Vasconcelos baseou-se no livro de Thalita Rebouças para contar a história de Ingrid Guimarães e Larissa Manoela como mãe e filha. Ângela Cristina é a mãe coruja, obsessiva, de Malu. Cria constrangimentos para a filha que cresceu, virou adolescente e tudo o que não quer é uma mãe protetora a lhe fazer pagar mico.

O Canal Brasil tem filmes com mães, embora não necessariamente sobre maternidade. Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert às 15h30, traz Regina Casé em plena tensão social, como a mãe de Jéssica/Camila Márdila, que vai chegando e subverte a ordem na casa da patroa metida, Karina Teles. Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, às 23h10, faz de Sonia Braga a mulher que compra briga com incorporadora do Recife para impedir que o prédio em que mora vire mais um espigão, na praia. Clara, seu nome, além de guerreira, é mãe – lembram-se?

E, claro, no streaming sempre se pode (re)ver o impagável Paulo Gustavo em Minha Mãe É Uma Peça (1, 2 e 3). Em matéria de família disfuncional, mas unida, não tem como a de Dona Hermínia.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Luiz Carlos Merten
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário