Diagnóstico precoce do câncer de mama aumenta chances de cura

De alubas | 8 de outubro de 2021 | 20:24

Muitas doenças podem ser facilmente tratadas quando existe um diagnóstico precoce. Uma delas é o câncer de mama, que segundo o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), tem cerca de 95% de chance de cura, quando descoberto no início. Esse cuidado e atenção começam dentro de casa, com o autoexame e se estendem às consultas de rotina, essenciais para a detecção da doença.

As Diretrizes para a Detecção Precoce do Câncer de Mama no Brasil apresentam as atuais recomendações para diagnóstico precoce e rastreamento, que incluem a mamografia em mulheres assintomáticas a partir dos 40 anos de idade. Já, se houver histórico familiar, o indicado é realizar anualmente o exame a partir dos 35 anos. O rastreamento busca detectar a doença ainda no início e também reduzir o número de cirurgias desnecessárias.

O autoexame pode ser feito em casa e deve entrar na rotina das mulheres. O objetivo é apalpar o seio e identificar possíveis nódulos diferentes no local, mas o médico oncologista Elge Werneck, da OncoClínica, alerta que, por mais que ajude, mulheres acima dos 40 anos devem realizar a mamografia. “O ideal é procurar um médico e realizar o exame todos os anos, ele não pode ser substituído pelo autoexame e nem por ecografias”, diz.

Ainda é possível se prevenir contra a doença, adotando um estilo de vida mais saudável e seguindo algumas recomendações.

Ao longo do mês, vários conteúdos de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento serão publicados e veiculados em todos os canais do Grupo Massa, por conta do Outubro Rosa Grupo Massa Havan, apoiado por Lojas Havan, Nissei e Odonto Excellence. Faça parte desta corrente do bem e acompanhe toda essa linda campanha, que faz a diferença na vida de tantas mulheres! Siga também o Instagram exclusivo do projeto @outubrorosagrupomassa e compartilhe os conteúdos para que a mensagem chegue a mais pessoas!