Domingo com Javier Bardem em 3 filmes

De Redação Estadão | 19 de abril de 2020 | 08:10

Deve faltar estante na casa de Javier Bardem e Penélope Cruz para abrigar tantos prêmios que o casal já ganhou. Cada um teve o seu Oscar de coadjuvante – ele, por Onde os Fracos Não Têm Vez, dos irmãos Coen, em 2008; ela, por Vicky, Cristina, Barcelona, de Woody Allen, em 2009. Neste domingo, no Telecine Cult, será possível rever Bardem. Três vezes. Começa com Mar Adentro, de Alejandro Amenábar, às 19h45, e se encerra com Antes do Anoitecer, de Julian Schnabel, às 23h50. No miolo, passa, às 22h, o melhor de todos: Carne Trêmula, de Pedro Almodóvar.

Filho de uma atriz (Pilar Bardem), Javier moldou seu físico como jogador de rúgbi antes de ser ator. Os primeiros papéis importantes foram com o diretor Bigas Luna – As Idades de Lulu, Jamon Jamon, Huevos de Oro. Carne Trêmula foi um divisor de águas – na carreira dele e na de Almodóvar. Com ele, Bardem tornou-se ator internacional e ganhou vários prêmios – Oscar, Globo de Ouro, Bafta, Goya, o Prêmio do Cinema Europeu.

Um paralítico que pede para morrer no Amenábar, o escritor cubano Reinaldo Arenas, perseguido por ser homossexual, no Schnabel. E o Almodóvar. Entregador de pizza se apaixona por viciada e invade o apartamento dela. A polícia intervém e, no tiroteio, Bardem é atingido. É um grande, imenso filme.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Luiz Carlos Merten
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário