Doria libera competições de automobilismo e motociclismo no Estado de São Paulo

De Redação Estadão | 17 de julho de 2020 | 14:56

O governador de São Paulo, João Doria, autorizou nesta sexta-feira o retorno de competições e treinos de motociclismo e automobilismo. Eventos de categorias como Stock Car e SuperBike, entre outras, poderão ser retomados sem público, mas somente em cidades que se encontram na faixa amarela do plano de retomada das atividades dentro do Estado.

Atualmente, além da capital da região metropolitana, somente o litoral sul do Estado se encontra na fase amarela. No entanto, a liberação do governo estadual significa que o principal autódromo do País, Interlagos, poderá voltar a receber corridas e treinos normalmente a partir de agora.

“Será preciso a testagem de pilotos e todos os profissionais, como funcionários e fornecedores, fora a medição de temperatura e uso obrigatório de máscara em álcool em gel”, afirmou o governador em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes. “Esses esportes são individualizados e controlados, mas voltarão sem a presença de público”, completou.

Meses atrás, para viabilizar as competições de automobilismo, a Confederação Brasileira da modalidade (CBA), elaborou um protocolo médico com medidas de segurança. Entre outras determinações, estão previstas a redução do número de funcionários presentes às corridas e a testagem em massa das pessoas envolvidas.

“Sabemos que o momento exige muita paciência, mas os dirigentes apresentaram seus protocolos, aguardaram o posicionamento do governo e, portanto, demonstraram preocupação com a saúde de todos os envolvidos em seus eventos”, afirmou o Secretário de Esportes, Aildo Ferreira.

A principal categoria do automobilismo nacional, a Stock Car, sofreu com sucessivos adiamentos e cancelamentos de provas no início deste ano. O calendário deve começar no dia 26 de julho, em Goiânia, também com os portões fechados. Com o anúncio feito nesta sexta-feira feito por Doria, a categoria pretende também marcar futuras provas ainda neste ano em Interlagos.

“Este foi um passo importante e estamos muito felizes de que o projeto de retorno às atividades para o automobilismo tenha sido bem aceito. É muito importante para toda a comunidade do esporte a motor a volta das corridas”, afirmou Carlos Col, CEO da Vicar, organizadora da Stock Car. “Mesmo que as corridas aconteçam sem público, trata-se de uma atividade econômica importante, que gera empregos e sustenta muitas famílias. Estamos há meses seguindo as orientações das autoridades”, acrescentou.

Ciro Campos
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário