Doria pede que Bolsonaro 'tenha paz no coração e pare de buscar culpados'

De Redação Estadão | 15 de maio de 2020 | 13:48

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), encerrou a entrevista coletiva desta sexta-feira (15) “mandando uma mensagem”, segundo suas próprias palavras, para o presidente da República. Nela, pediu que Jair Bolsonaro tenha “paz no coração”, pare de brigar e de “buscar culpados”.

“Vamos somar forças, unir o Brasil. Unir todos aqueles que vivem aqui, independentemente de posição política, ideologia, religião”, disse o tucano.

Doria também falou ao presidente que “tente ser um líder respeitado” e “considere opiniões que não sejam exatamente aquelas que o senhor tem”. “É bom ouvir e decidir ouvindo. Tenha bons gestos para os brasileiros. Tenha bons gestos para o Brasil”, concluiu o governador paulista.

Elizabeth Lopes e Nicholas Shores
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário