Doria reitera necessidade de liberação da primeira parcela de socorro até dia 31

De Redação Estadão | 21 de maio de 2020 | 12:11

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu nesta quinta-feira, 21, que o presidente da República, Jair Bolsonaro, sancione o socorro financeiro aos Estados e municípios e realize o primeiro pagamento da até 31 de maio.

Em intervenção curta durante reunião com demais governadores e ministros, Doria destacou seu apoio ao veto ao trecho do reajuste salarial de servidores públicos até 2021.

O governador, que tem trocado farpas publicamente com o presidente, destacou a “união e paz” entre os entes da federação. “O Brasil precisa estar unido para vencer a crise e ajudar a proteger a saúde dos brasileiros. Nosso foco neste momento é exatamente este, proteger os brasileiros em todo o Brasil”, disse.

Doria afirmou que o momento é de “guerra”. “A guerra coloca todo mundo em derrota, quem perde principalmente são os mais pobres.”

Emilly Behnke, Elizabeth Lopes e Nicholas Shores
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário