Economia alemã encolhe 2,2% no 1º trimestre e entra em recessão com coronavírus

De Redação Estadão | 15 de maio de 2020 | 05:24

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha encolheu 2,2% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre do ano passado, diante do violento impacto econômico da pandemia de coronavírus, segundo dados preliminares com ajustes sazonais publicados hoje pela Destatis, a agência de estatísticas do país. A queda é a maior registrada desde o primeiro trimestre de 2019, mas analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam redução ainda mais acentuada do PIB alemão, de 2,5%.

Em relação a igual período de 2019, o PIB da maior economia europeia sofreu contração de 2,3% entre janeiro e março. Também neste caso, a projeção do mercado era de recuo de 2,5%.

A Destatis também revisou o PIB alemão do quarto trimestre ante o terceiro trimestre de 2019, de estável para declínio de 0,1%. Com perdas acumuladas em dois trimestres seguidos, a economia da Alemanha entrou em recessão técnica.

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário