Edenílson aponta 'seriedade contra ansiedade' pela chance do título após 41 anos

De Redação Estadão | 8 de fevereiro de 2021 | 20:10

O empate do Flamengo com o Red Bull Bragantino no domingo à noite aumentou as chances de o Internacional se sagrar campeão brasileiro após 41 anos. Mas o meio-campista Edenílson, um dos líderes do time gaúcho, prega “seriedade contra a ansiedade” neste momento de decisão.

“Temos de controlar a ansiedade com seriedade neste momento. Sabemos da nossa responsabilidade pelo fato de o time não ganhar um Brasileiro há mais de 40 anos. Mas não tem jogo fácil e temos de ficar atentos em todos os momentos”, disse Edenílson, referindo-se ao jogo de quarta-feira, às 19 horas, contra o Sport, que briga contra o rebaixamento, no Beira-Rio, pela 35ª rodada.

Restando quatro jogos e com um ponto de vantagem para o vice-líder Flamengo, que já jogou 35 vezes, o meio-campista, autor de gols importantes contra Grêmio e Red Bull Bragantino, prefere não fazer contas. “O nosso próximo jogo é sempre o mais difícil. Não podemos ficar fazendo contas. É desta forma que o professor Abel (Braga, técnico) tem nos orientado. Por isso, temos de fazer nossa parte dentro de campo e conseguir os três pontos.”

O Internacional soma 66 pontos, contra 65 do Flamengo, 60 do Atlético-MG e 58 do São Paulo. Depois do Sport, o colorado gaúcho só vai voltar a jogar em casa na última rodada, quando terá pela frente o Corinthians. Antes, os adversários serão os cariocas Vasco e Flamengo.

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.