Elenco do Grêmio inicia reapresentação com testes, mas Renato seguirá no Rio

De Redação Estadão | 5 de maio de 2020 | 21:50

A retomada das atividades no Grêmio se deu de forma gradual. Nesta terça-feira, 15 jogadores se apresentaram no CT Luiz Carvalho e estiveram em contato com membros do departamento médico para a realização de avaliações, testes e preenchimento do questionário epidemiológico, elaborado junto à CBF. Mas o técnico Renato Gaúcho permanecerá no Rio, por ser considerado do grupo de risco.

“A gente sabia que todo o cuidado necessário encontraríamos aqui. O Grêmio sempre cuidou muito bem da gente, ainda mais em uma situação assim que é completamente diferente de tudo que já vivemos. Ficamos felizes de poder voltar aos poucos, mesmo com todos os cuidados, mas não era o cenário que gostaríamos de encontrar. Não só para nós, jogadores, mas para toda a humanidade em geral porque sabemos que muita gente sofre com isso. Torço para que tudo isso passe logo para que os estádios voltem a ficar cheios e que as pessoas voltem a trabalhar e para que todos parem de sofrer”, disse o zagueiro Marcelo Oliveira.

Esses 15 jogadores chegaram ao centro de treinamento em três horários diferentes. E já utilizavam o uniforme do clube, além de máscara de proteção. Além disso, passaram por medição de temperatura.

“Seguindo nossos protocolos de segurança, primeiro fizemos a verificação da temperatura ainda em seus automóveis. Depois, eles foram dirigidos a uma sala de triagem médica, para uma avaliação médica muito criteriosa e responderam a um questionário. Também fizeram a oximetria e uma nova avaliação de temperatura termográfica”, explicou o médico Márcio Dornelles.

Para prevenir os riscos de contágio por coronavírus, os atletas realizaram testes contra a virose, depois sendo liberados. “Fizemos a testagem com um aparelho para o diagnóstico por fluorescência, que vai fazer uma avaliação de IGM e IGG, ou seja, quantitativo e qualitativo. Após os testes, os atletas foram liberados para as suas residências”, concluiu o médico.

A quarta-feira, pela manhã, será de apresentação de mais quatro grupos com cinco atletas. Mas o comandante deles não voltará tão cedo. O Grêmio comunicou que Renato Gaúcho seguirá no Rio, por ser considerado grupo de risco, pois passou por duas cirurgias cardíacas recentemente. Inicialmente, ele voltaria para Porto Alegre nesta quarta.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário