Em aeroporto, torcida do Inter mostra apoio a Rodinei na volta a Porto Alegre

De Redação Estadão | 22 de fevereiro de 2021 | 10:50

A derrota para o Flamengo por 2 a 1, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, que fez com que o Internacional perdesse a liderança do Campeonato Brasileiro para o rival carioca a apenas uma rodada do final da competição, não abalou a confiança da torcida. Na chegada a Porto Alegre, no início da madrugada desta segunda-feira, o elenco foi recepcionado por cerca de 20 a 30 torcedores no aeroporto Salgado Filho e recebeu apoio, inclusive o lateral-direito Rodinei.

A mensagem mais passada nos gritos dos torcedores era de incentivo na busca pelo título do Brasileirão, que não acontece desde 1979. Expulso no Maracanã, Rodinei recebeu palavras de apoio da torcida presente, que focou nas críticas à arbitragem do paulista Raphael Claus. Palavras como “vamos lá” e “vamos virar essa” foram as mais ouvidas.

O técnico Abel Braga foi um dos mais requisitados para fotos, assim como o volante Edenílson, que ouviu também pedidos para liderar a virada. O time precisa vencer o Corinthians, nesta quinta-feira, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e o Flamengo não pode ganhar do São Paulo, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

A delegação voltou sem a presença do presidente Alessandro Barcellos, que ficou no Rio de Janeiro para ir à CBF na tarde desta segunda-feira formalizar as reclamações do Internacional com a arbitragem de Claus na partida.

Na súmula da partida, a expulsão de Rodinei, aos três minutos do segundo tempo, foi justificada pelo árbitro como um lance que poderia machucar o lateral-esquerdo Filipe Luis. Claus foi chamado para revisar o lance no VAR e, após observar no vídeo, decidiu dar o cartão vermelho ao jogador do Internacional.

“Expulsei o senhor Rodinei Marcelo de Almeida, nº 22, da equipe do S.C. Internacional, por jogo brusco grave, atingindo com as travas da chuteira a perna de seu adversário, senhor Filipe Luis Kasmirski, nº 16, da equipe C.R. Flamengo, acima da linha do tornozelo na disputa de bola, torcendo o tornozelo e colocando em risco a integridade física de seu adversário”, relatou.

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.