Em vídeo, Trump diz que pode estar imune à covid-19 e que vacinas virão logo

De Redação Estadão | 5 de outubro de 2020 | 21:38

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou, em vídeo gravado e divulgado em sua conta oficial no Twitter, que pode ter adquirido imunidade para a covid-19 e que vacinas para a doença “virão logo”. “Agora eu estou melhor. Talvez eu esteja imune, não sei”, declarou o republicano, que recebeu alta e deixou o centro médico Walter Reed nesta segunda-feira.

“Eu aprendi tanto sobre o coronavírus e uma coisa é certa: não deixe isso dominar você. Não tenha medo”, disse Trump, em outro trecho do vídeo. Desde o início da pandemia, os EUA já registraram mais de 7 milhões de casos de coronavírus e mais de 200 mil mortes causadas pela doença.

Usando uma máscara, o republicano saiu do centro médico caminhando e, depois, foi levado à Casa Branca a bordo do Marine One, o helicóptero presidencial. Ao chegar na residência oficial, entretanto, Trump tirou a máscara.

Em coletiva de imprensa nesta segunda, 5, a equipe médica do presidente americano afirmou que ele “cumpriu ou excedeu” os requisitos para deixar o hospital e continuar o tratamento para covid-19 na Casa Branca. “Não há nada sendo feito no hospital que não possa ser feito em casa”, afirmou o médico Sean Conley, em uma coletiva de imprensa, ao reforçar que o quadro clínico do republicano continuou a melhorar nas últimas 24 horas. De acordo com Conley, entretanto, Trump não está “totalmente fora de perigo” ainda. “Estamos cautelosamente otimistas”, declarou.

No final de semana, a equipe médica admitiu que Trump recebeu oxigênio suplementar e teve febre alta. O presidente dos Estados Unidos informou na madrugada de sexta-feira, por meio do Twitter, que ele e a primeira-dama Melania Trump haviam testado positivo para covid-19.

Iander Porcella
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário