Fed diz que organizações bancárias têm sido fonte de força, no quadro atual

De Redação Estadão | 6 de novembro de 2020 | 17:39

O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) publicou nesta sexta-feira relatório atualizado sobre supervisão e regulação bancária. No documento, a instituição avalia as condições do sistema bancário, acontecimentos recentes no panorama regulatório e também na supervisão, no quadro de respostas à pandemia da covid-19 nos Estados Unidos.

O Fed considera que o novo coronavírus provoca “desafios sem precedentes”.

Ao contrário de 2008, porém, as organizações bancárias no quadro atual têm sido “uma fonte de força, em vez de tensão, para a economia, iniciando o evento da covid com liquidez e capital substanciais e gerenciamento melhor do risco, além de resiliência operacional”.

Em resposta à crise de saúde, o Fed tem feito vários ajustes em sua regulação e supervisão, lembra o banco central, “muitos temporários, para reduzir o peso sobre as organizações bancárias e ajudá-las a atender as necessidades de clientes e comunidades”.

Na avaliação do Fed, o curso e o ritmo da retomada econômica “continuam incertos”, e o ritmo e a intensidade deles devem variar em diferentes partes do país. Nesse quadro, o Fed pretende continuar a garantir que suas regulações, políticas de supervisão e as atividades de avaliação sejam eficazes e eficientes, diz o relatório.

“Nós continuamos comprometidos a usar toda nossa caixa de ferramentas para apoiar a economia pelo tempo que for necessário”, garante a instituição.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário