Fed estende até fim do ano programas de crédito que terminariam em setembro

De Redação Estadão | 28 de julho de 2020 | 10:53

De olho nos impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) anunciou nesta terça-feira, 28, a extensão, até 31 de dezembro, de programas de crédito da autoridade antes programados para expirarem em 30 de setembro.

A extensão vale para sete linhas de financiamento criadas durante a crise, entre elas o Main Street, o principal programa criado pelo Fed para amortecer os impactos da covid-19.

O fim do programa de compras de commercial papers, contudo, foi mantido em 17 de março de 2021.

“Os empréstimos concedidos forneceram um apoio substancial à economia, estabilizando e melhorando o funcionamento dos mercados e melhorando o fluxo de crédito para famílias, empresas e governos estaduais e locais”, diz comunicado do BC dos Estados Unidos.

Eduardo Gayer
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário