Felipe Conceição pede pés no chão no Guarani: 'Essa reta final não vai ser fácil'

De Redação Estadão | 17 de dezembro de 2020 | 15:20

A vitória suada sobre o Confiança, por 1 a 0, na última quarta-feira, no Brinco de Ouro da Princesa, deixou o Guarani a apenas três pontos do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Se por um lado a torcida está eufórica, dentro do clube o discurso é de pés no chão.

“Temos que ter o pezinho no chão, continuar trabalhando, porque não vai ser fácil essa reta final. Vamos ter muitos tipos de obstáculos pela frente, são nove decisões”, disse o treinador Felipe Conceição.

Principal responsável pela reação do Guarani no campeonato – saiu da zona de rebaixamento e entrou na briga por uma vaga no G-4 -, Felipe Conceição fez questão de dividir os méritos com jogadores, dirigentes e funcionários.

“Viemos para tirar o Guarani de uma situação muito difícil e o colocamos na disputa pelo G-4. Realmente supera as expectativas, mas isso só aconteceu graças ao empenho dos atletas, de todos funcionários. Do presidente ao porteiro, todos estão trabalhando felizes”, destacou o treinador bugrino.

Na oitava colocação, com 43 pontos, o Guarani volta a campo no domingo, quando recebe o Figueirense, pela 30ª rodada. O time vai em busca da nona vitória seguida no Brinco de Ouro da Princesa.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.