Grupo Alimentação e Bebidas sobe 1,74% no IPCA em dezembro, mostra IBGE

De Redação Estadão | 12 de janeiro de 2021 | 11:40

As famílias voltaram a gastar mais com alimentos no mês de dezembro, embora a alta de preços tenha sido mais branda que a de novembro. O grupo Alimentação e Bebidas saiu de uma elevação de 2,54% em novembro para um avanço de 1,74% em dezembro, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O grupo contribuiu com 0,36 ponto porcentual para a taxa de 1,35% do IPCA no mês.

Os alimentos para consumo no domicílio subiram 2,12% em dezembro.

O tomate ficou 13,46% mais barato, e as altas em dezembro foram menos intensas nos preços das carnes (3,58%), do arroz (3,84%) e do óleo de soja (4,99%).

Por outro lado, as frutas passaram de aumento de 2,20% em novembro para 6,73% em dezembro.

Já a alimentação fora do domicílio aumentou 0,77% em dezembro, ante elevação de 0,57% em novembro.

Ficaram mais caros no último mês a refeição fora de casa (0,74%) e o lanche (0,89%).

Daniela Amorim
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário