Guterres diz que pedirá ao G-20 recursos para financiar linhas de crédito do FMI

De Redação Estadão | 20 de novembro de 2020 | 16:02

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou que irá pedir aos líderes do G-20 – grupo que reúne as 19 maiores economias do mundo e a União Europeia – recursos para financiar as linhas de crédito do Fundo Monetário Internacional (FMI). Segundo Guterres, o período de recuperação da covid-19 irá precisar da “solidariedade” e “cooperação” dos países desenvolvidos de maneira inclusiva e sustentável para evitar a falência de empresas. “Países desenvolvidos podem oferecer grande alívio para suas populações e estão fazendo isto. Porém, o mundo em desenvolvimento está no precipício de ruína financeira, pobreza galopante, fome e sofrimento”, afirmou.

O secretário-geral da ONU também alertou para o risco de que falências em cascata poderiam devastar a economia global e pediu maior compromisso com a agenda sustentável. “Uma coalizão global para emissões zero de carbono em 2050 está se formando”, disse durante entrevista coletiva nesta sexta-feira (20).

Eleições nos EUA

Ao analisar o conflito entre os candidatos à presidência norte-americana sobre o resultado do pleito, Guterres disse brevemente ter confiança nas instituições do país para resolver problemas e afirmou não estar preocupado com o tema.

Pedro Caramuru
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário