Histórias de amor para fazer os dias mais leves

De Redação Estadão | 7 de abril de 2020 | 07:02

Estamos vivendo um período complicado para todos, todos mesmo, afinal nunca estivemos em uma situação tão grave quanto esta. O coronavírus nos obriga a ficar em casa, longe do contato social. Vamos seguir as recomendações oficiais e atender o apelo dos órgãos responsáveis e ficar longe das ruas, do trabalho, da escola. E, para driblar essa fase e se divertir um pouco, vale ver ou rever duas comédias românticas, uma nova, outra, antiga, que estão na Netflix.

E aqui um mais recente. Meu Eterno Talvez. Sob a direção de Nahnatchka Khan, comédia romântica traça a história de dois amigos de infância, que se reencontram tempos mais tarde. Sasha (Ali Wong) agora é uma renomada chef e Marcus (Randall Park), que não foi muito adiante nos estudos. Ao se reencontrar, antigos sentimentos afloram, dificultando a aproximação. Participação de Keanu Reeves.

Uma linda história de amor é o que a gente confere em Diário de uma Paixão (2004), com direção de Nick Cassavetes. Tudo começa nos anos 1940, quando dois jovens, ela é a rica Allie (Rachel McAdams) ele o operário Noah (Ryan Gosling), se apaixonam. A relação sofre com os conflitos sociais, mas o pior será a guerra, que irá separá-los. A força da paixão será maior, mas terá de enfrentar novas provas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Eliana Silva de Souza
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário