Ibovespa vai na contramão das bolsas internacionais e opera em baixa

De Redação Estadão | 9 de outubro de 2020 | 10:55

Apesar da sinalização positiva das bolsas internacionais e da queda do dólar em todo o mundo, o Índice Bovespa contrariou a expectativa dos analistas e abriu em baixa nesta manhã de sexta-feira. Ações do setor financeiro e de commodities puxam a leve correção do indicador, depois de terem sido destaque de alta na véspera, quando o Ibovespa subiu 2,5%.

A falta de novidades pela manhã, segundo operadores, pode ter tirado o fôlego do Ibovespa neste início de dia, antecipando operações de realização de lucros de curto prazo. Além disso, a proximidade do feriado brasileiro na segunda-feira (12) pode ser fator de cautela, afirmam.

A manhã de sexta-feira é de alta das bolsas europeias e também dos índices futuros da bolsa de Nova York. Na tarde de ontem, após o encerramento dos negócios, a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, conversaram por telefone durante 40 minutos sobre a possibilidade de um acordo, segundo Drew Hammill, porta-voz da democrata.

Às 10h32 desta sexta, o Índice Bovespa recuava 0,51%, aos 97.415,55 pontos. Ainda assim, o Ibovespa deve terminar a semana com ganhos significativos, interrompendo uma sequência de quedas que durou cinco períodos. Até agora, o índice contabiliza alta de 3,62% na semana.

Paula Dias
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário