Inflação anual ao consumidor na China fica em 1,7% em setembro; previsão 1,8%

De Redação Estadão | 15 de outubro de 2020 | 07:52

A inflação ao consumidor da China aumentou em setembro. Dados do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, pela sigla em inglês) mostram que o índice de preços ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) chinês subiu 1,7% na comparação anual de setembro, após avançar 2,4% em agosto. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam o acréscimo de 1,8%.

Os preços de alimentos tiveram aumento de 7,9% em setembro ante igual mês de 2019, enquanto os de itens não alimentícios ficaram estáveis no período.

Já o índice de preços ao produtor (PPI) da China sofreu recuo de 2,1% em setembro ante setembro de 2019, depois de cair 2,0% no confronto anual de agosto. Neste caso, a previsão para o último mês era de recuo de 1,8%. Em relação a agosto, o CPI chinês subiu 0,2% em setembro e o PPI subiu 0,1%.

Por Isadora Duarte, com informações da Dow Jones Newswires
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário