Instituto Legado lança edital gratuito para incubar startups brasileiras de impacto social

De Gustavo Fernandes | 13 de abril de 2021 | 17:23

Terceira edição do Legado Semente tem alcance nacional e oferece até 12 vagas para negócios sociais e ambientais com potencial de escala. Empreendedores de impacto têm até o dia 02 de maio para se inscrever no site da aceleradora.

Startups de todo Brasil já podem se inscrever gratuitamente na terceira edição do Legado Semente, programa de incubação que oferece mais de 50 horas de mentoria e rodada com investidores do setor socioambiental. Pela primeira vez, a oportunidade terá abrangência nacional e será 100% online. Podem se candidatar empresas em fase inicial que desenvolvam produtos ou serviços inovadores, com alto potencial de escalabilidade e rápido crescimento através do uso da tecnologia. Todas as iniciativas devem ter propósito de resolução de problema social ou ambiental evidente.

Desde 2019 o Instituto Legado de Empreendedorismo Social disponibiliza incubação especializada em impacto social e já acelerou 15 empreendimentos de forma totalmente gratuita. Para 2021 as vagas serão ampliadas e ofertadas para todo território nacional na modalidade online. “A possibilidade de conduzir esse programa a distância amplia o horizonte da geração de impacto que queremos causar, alcançando comunidades e perfis empreendedores que estão geograficamente distantes da atuação do Instituto Legado”, enfatiza James Marins, presidente e idealizador da organização. “Além disso, essa conexão digital nos permite ativar algo que consideramos fundamental para o ecossistema de impacto: a colaboração em rede, com diversas iniciativas e saberes sendo compartilhados de diferentes regiões do Brasil. Certamente o aprendizado será multiplicado pela turma em diferentes localidades e agendas nas quais estão inseridos”, completa.

Processo seletivo
Os empreendedores sociais interessados não precisam apresentar formalização jurídica da startup, mas devem ter superado a fase de ideação do produto ou serviço e devem estar buscando validação do mercado. A inscrição deve ser realizada no site do Instituto Legado até 2 de maio. É vetada a participação de iniciativas vinculadas ao poder público ou a partidos políticos. No ato da candidatura, os empreendedores sociais deverão submeter um vídeo de apresentação (pitch) de até dois minutos, contendo informações sobre o problema socioambiental resolvido, a solução oferecida, o impacto esperado e a equipe envolvida. As aplicações serão avaliadas por uma banca examinadora que anunciará o resultado da seleção ainda em maio nos canais institucionais do Legado.

Metodologia
As startups selecionadas serão beneficiadas com modelo de incubação do Vale do Silício, conduzido por mentores da Valoo Busines Growth & Financing e outros parceiros estratégicos especializados no setor social. As aprovadas terão acesso a mentorias, assessorias e capacitações de maio a outubro de 2021, com encontros quinzenais, online e totalmente gratuitos. Os participantes também serão submetidos a bancas avaliadoras periódicas, com a premissa de acompanhar o amadurecimento dos negócios de impacto. Ao final do processo, serão conectados com reais investidores para possibilidades concretas de captação de investimento social privado.