Intenção do Reino Unido de violar acordo do Brexit preocupa, diz Von der Leyen

De Redação Estadão | 9 de setembro de 2020 | 09:57

A presidente da Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), Ursula Von der Leyen, voltou a dar sinais de azedamento das relações entre o bloco e os britânicos. “Estou muito preocupada com as intenções do Reino Unido de violar o acordo de retirada”, publicou ela nesta quarta-feira, 9, em conta no Twitter.

De acordo com a imprensa britânica, o governo do premiê Boris Johnson deve publicar leis que alteram trechos da legislação do Brexit, que definiu os termos da saída do Reino Unido da União Europeia. As medidas, contudo, podem jogar a pá de cal nas negociações – já travadas – entre as partes por um acordo de livre comércio para vigorar a partir de 2021, quando vence o chamado período de transição.

“A decisão violaria o direito internacional e minaria a confiança”, acrescentou Von der Leyen, em sua publicação na rede social.

Eduardo Gayer
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário