Las Vegas torna Nevada mais democrata

De Redação Estadão | 7 de novembro de 2020 | 07:46

Perto de dar a vitória a Joe Biden, Nevada tem se tornado um Estado democrata nos últimos 20 anos, segundo o professor-assistente do Departamento de Ciência Política da Universidade Estadual de Nevada Kenneth Miller. De acordo com ele, a razão é uma só: Las Vegas. “A cidade cresceu muito e os eleitores mais simpáticos aos democratas passaram a rivalizar com a antiga maioria republicana do Estado”, afirmou.

Uma análise do mapa de votação torna isso mais claro. No condado de Clark, que tem 1,9 milhão de habitantes, com 584 mil morando em Las Vegas, Biden tinha uma vantagem de 9 pontos porcentuais em relação a Donald Trump – em todo o Estado, com 92% dos votos apurados, a diferença era só de dois pontos em favor do democrata. Já no condado de Eureka, no centro do Estado e com uma população de 2 mil pessoas, Trump tinha quase 90% dos votos.

Segundo Miller, as diferenças dentro do Estado, com o voto da grande cidade democrata e o voto dos pequenos municípios republicanos, tornam as disputas no Estado apertadas. Nas últimas 12 eleições (sem contar a atual), 7 foram vencidas por republicanos e 6 por democratas – em 2016, Hillary Clinton bateu Trump por menos de 2 pontos porcentuais.

Para Miller, neste ano, porém, o desemprego causado pela pandemia motivou os eleitores a votar nos democratas. “Isso pesou muito”, afirmou.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Elio Moura, especial para o Estadão
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário